quinta-feira, 31 de março de 2016

Auras e Auréolas

Na "Ultima Ceia" (1685) de Simon Ushakov, todos os apóstolos tem auréolas, com exceção de Judas Iscariotes.


A aura mostra tudo. E quando alguém se torna um iluminado, o mestre descobre de imediato, porque a aura mostra tudo.
— Osho Rajneesh

Uau, sua aura é fantástica! É de um roxo lindo! Sua aura é roxa!
— Beth, de Denver

Definição: A aura é uma emanação invisível que cerca todos os seres vivos e muda de cor com base na saúde da pessoa, do animal ou da planta; a auréola é um aro luminoso que paira acima da cabeça de pessoas santas.

O que os crentes dizem: A aura é um campo energético que manifesta visualmente o estado das energias e a saúde de uma pessoa; embora apenas os médiuns ou os altamente intuitivos consigam vê-la, as auras são reais e são excelentes indicadores das condições do indivíduo. A auréola é uma aura que paira em volta da cabeça de uma pessoa altamente espiritualizada. O fato de muitas pinturas retratarem os santos dessa forma prova sua existência. Não podemos ver a fragrância das flores, embora reconheçamos que ela existe através de outros sentidos. Ser capaz de ver auras é simplesmente uma questão de desenvolver habilidades sensoriais inatas que a maioria de nós nunca usa.

O que os céticos dizem: Se a aura de uma pessoa é invisível, como pode ser vista? E se não pode, então como podemos acreditar em alguém que afirma ser capaz de "percebê-la"? Qualquer um que diga ser capaz de ver auréolas ou auras está alucinando, projetando uma fantasia ou simplesmente inventando. Aqueles que veem de verdade aros coloridos em volta de pessoas e objetos provavelmente têm algum problema de vista.

Qualidade das provas existentes: Moderada a Boa.

Probabilidade de o fenômeno ser paranormal: Fraca a Moderada.

Certa vez, um amigo meu foi a um terapeuta que utilizava modos alternativos de avaliação e tratamento, os quais incluíam a leitura da aura do paciente. O tal praticante examinou meu amigo e lhe disse que sua aura estava terrivelmente danificada, e sua saúde como um todo, ruim.

A reação de meu amigo foi clara: se aquilo era um palpite, era muito bom. Jeremy (esse não é seu verdadeiro nome) havia nascido com um defeito congênito em seus sistemas urológico e gastrintestinal. Desde criança, já passara por mais de 30 cirurgias, sentia dores constantes, não podia comer normalmente e vivia tendo quedas nos níveis de energia. Devido a uma combinação de vários fatores, Jeremy jamais se sentira bem, e aquele terapeuta fora capaz de identificar tudo isso estudando sua aura invisível. O terapeuta não conseguiu especificar quais sistemas orgânicos eram responsáveis pelos problemas de Jeremy, mas alegou ser capaz de "ver" o resultado deles.

Será que o terapeuta realmente viu algo em volta do meu amigo? Ou será que usou seus poderes de observação e sua apurada sensibilidade para simplesmente dar um bom palpite? Quantas vezes você mesmo não "sentiu" que havia algo de errado com a pessoa amada ou um amigo? Quantas vezes já pressentiu que alguém não estava se sentindo bem? Talvez o terapeuta fosse capaz de fazer uma rápida avaliação de Jeremy com base em sutis indícios físicos?

Em tese, qualquer um pode aprender a ver auras. O processo em geral envolve a pessoa sentar-se em frente a uma parede branca enquanto o "observador" fita seu terceiro olho. Você não sabia que tinha três olhos? Aparentemente, existe um terceiro olho invisível na fronte de todo mundo, entre as sobrancelhas. Paranormais experientes conseguem vê-lo imediatamente; outros precisam se esforçar um pouco mais. Após algum tempo fitando o terceiro olho, uma aura branca irá surgir em volta do corpo da pessoa e, em seguida, começará a mudar de cor.

Cada cor possui um significado e, segundo as "autoridades em auras", elas se apresentam em sete camadas, cada uma representando um campo energético particular do corpo humano. As sete camadas da aura emanam dos chacras da pessoa, os quais, segundo a filosofia iogue, são os sete pontos de energia espiritual do corpo humano.

Existe alguma legitimidade na crença de que o corpo humano emana um campo visível de energia? Os antigos acreditavam em auras, e textos sobreviventes de épocas remotas do Egito, Grécia, Roma e Índia falam de emanações do corpo que podiam ser vistas por sacerdotes e paranormais.

No século XVI, Paracelso falou de uma "esfera brilhante" envolvendo certas pessoas.

Se as auras não existem, o que essas pessoas viram?

A existência ou não de auras é mais um dos desconcertantes mistérios do mundo transcendental e paranormal. Será possível que todos aqueles que dizem já tê-las visto estejam enganados? A ciência nos diz que não há nada no corpo humano que possa criar um campo colorido à nossa volta visível ao olho. Ainda assim, por mais de mil anos, pessoas relatam a visão do que a ciência nos diz ser impossível.

Tal qual os OVNIs, os depoimentos em prol da existência de auras são tantos que seria leviandade não levar em conta a possibilidade de que talvez exista, na verdade, algo acontecendo.


Fonte: Os 100 Maiores Mistérios do Mundo - Stephen J. Spugnesi - Difel 2004.
Postar um comentário
Si prega di attivare i Javascript! / Please turn on Javascript!

Javaskripta ko calu karem! / Bitte schalten Sie Javascript!

Por favor, active Javascript!

Qing dakai JavaScript! / Qing dakai JavaScript!

Пожалуйста включите JavaScript! / Silakan aktifkan Javascript!Better Stop Adblock